Reformulacao completa do sistema de mobilidade

por
Claudio Prado
Claudio Prado | Mar 27, 2015 | em Mobilidade Urbana

1 – Transporte Publico de massa

            Ônibus: Substituição de todas as linhas ponto a ponto por ônibus biarticulados em corredores alimentadores circulares nas grandes avenidas.

Exemplo, na zona sul:

  • UMA linha saindo do começo da barata ribeiro, indo para Ipanema, depois prudente de morais e general San Martin, chegando na visconde de Albuquerque e voltando pela Ataulfo de Paiva, visconde de Pirajá e avenida Copacabana, voltando a circular a partir da princesa Isabel.
  • Com ponto de transferência na visconde de Albuquerque, uma linha indo pela mesma via, passando pela Jardim Botânico, Humaitá, voluntaries da pátria, voltando pela são clemente, Humaitá novamente jardim botânico e por ai vai.
  • Na av princesa isabel um outro expresso biarticulado seguiria pela venceslau bras praia de botafogo e flamengo chegando ate a av antonio carlos e retornando.

O mesmo conceito se aplicaria para todos os grandes eixos da cidade. As areas menos populosas e apêndices seriam atendidos por ônibus menores, na verdade idealmente por VLTs (que deveriam substituir os ônibus nos grandes eixos a médio e longo prazo) também em linhas circulares. Por exemplo, Urca, partindo da Venceslau Brás e circulando no bairro.

Sub áreas mais densas dentro dos bairros poderiam ser atendidos por micro ônibus. Obviamente tudo integrado aos transportes de massa estabelecidos (Barcas, metro, trem)

Tudo isso passa por uma mudança no paradigma de trazer ao carioca o conceito de baldeação, para um transporte mais eficiente, rápido, barato.

2 – Taxis

            Tirar o status de “ativo” das concessões, que seriam geridos pela autoridade de transporte do município. Isso significa que as concessões deveriam ser pessoais aos verdadeiros taxistas, em vez de ser uma licença negociável, muitas vezes nas mãos de empresários que simplesmente alugam os carros. No caso, se uma licença estivesse com um taxista A e este desistisse de ser taxista, a licença voltaria para a autoridade que a cederia para o próximo da lista, não existindo fatores de hereditariedade etc. Com isso a autoridade iria definindo também o volume ideal de taxi para atender áreas carentes da cidade, ou ainda para aumentar e diminuir organicamente a oferta de acordo com a demanda.

Precisaria ainda acabar com o privilegio de “taxi especial” que não tem nada de especial (só o preço) bem como o cartel do atendimento aos aeroportos e outras áreas de interesse social e turístico, aumentando assim a oferta.

3 – Barcas

            Novas linhas deveriam ser licitadas, assim como inclusão de concorrentes em uma mesma linha. Poderiam licitar a volta de  “ferry boat” para abrir uma opção para pessoas viajando em veículos que preferissem esse meio, por exemplo, praça maua-charitas (evitando a ponte e o transito interno de niteroi); praça maua-magé, ilha-charitas, etc.

4 – Definicao de um plano/politica para normatização de ruas, cruzamentos, largura mínima de calcadas, pintura de faixas nas ruas, rampas de acesso, racionalização dos sinais de transito e de travessia de pedestres etc. – Revisão de cruzamentos perigosos, alterando engenharia dos mesmos, criação de rotatórias

5 – Obras viárias

            Definição de um plano de melhoria na circulação de veículos em rotas de grande fluxo. Exemplos:

a)    Túnel por baixo da rua pinheiro machado ligando a praia de botafogo diretamente ao túnel santa barbara, deixando a pinheiro machado livre para acesso local somente

b)    Criação de viaduto na Av Castelo branco (Proximo ao maracanã) ligando diretamente ao campo de são cristovão (R.Francisco Eugenio ou Alm.Baltazar)

c)    Criação de túnel no cruzamento da av Oswaldo cruz com praia de botafogo permitindo o acesso direto ao aterro sentido centro da cidade e melhorando o fluxo do cruzamento onde ocorrem muitos acidentes. Revisão ainda do retorno da praia de botafogo que entra na rua senador vergueiro.

d)    Revisão dos retornos do aterro do flamengo, aumentando consideravelmente a faixa de aceleração

e)    Revisão de TODOS os retornos, agulhas e entradas sem a devida faixa de aceleração, tornando esses trechos muito perigosos

f)     Esses sao exemplos que conheço que com certeza se multiplicam pela cidade.

6 - EDUCACAO E REPRESSAO

            O município deveria ser mais efetivo na repressão a praticas comuns que transformam o Rio de Janeiro em um verdadeiro caos.

a)    Multar impiedosamente quem fecha cruzamentos.

b)    Trafego em pista de acostamento: bastam câmeras para multar 100% dos espertos que trafegam por ali.

c)    Filas duplas e triplas em alças e agulhas.  Criar barreiras para impedir a pratica e repreender com multas os que insistem

d)    Etc

 

7 - ESTACIONAMENTOS PUBLICOS

            Deveriam ser licitados dezenas, talvez centenas de estacionamentos subterrâneos limpando definitivamente as ruas dos carros estacionados. Isso não só abriria espaço para criação de novas ciclovias sem atrapalhar o transito, mas principalmente viabilizaria um melhor escoamento do trafego. Exemplos:

a)    Grandes estacionamentos subterrâneos em Copacabana que atendesse toda a extensão da rua Leopoldo miguez, proibindo estacionamento de veículos ali.

b)    Flamengo, atendendo os veículos estacionados na av. Oswaldo cruz (pista lateral) e av rui barbosa

c)    Etc

 

ATENDIMENTO DE TODAS AS AREAS DE INTERESSE TURISTICO COMERCIAL E ECONOMICO COM TRANSPORTE EFICIENTE E SEGURO.

João Pedro Maya Mar 27, 2015

Fala amigo, olha algumas ideias são boas e outras não me parecem ter muito sentido.

Suas boas ideias sobre as Barcas outros até propuseram o mesmo aqui neste desafio, mas ele é de atuação municipal e as Barcas são geridas pelo Estado, logo qualquer melhoria que sugerirmos para a Barcas é simplesmente descartada.

Quanto aos túneis, entendo a necessidade mas não faz sentido criar túneis de pequena distância para resolver fluxos "pequenos" de engarrafamento. O custo de você cavar para criar um "mergulhão" no Aterro ou ali no Maracanã é absurdo.

Arlindo Pereira Mar 29, 2015

Concordo. Vi algumas ideias boas, outras que (na minha opinião) soam meio absurdas. Talvez seria interessante separar as ideias em diferentes propostas.

Ágora Rio Apr 2, 2015

This idea has been advanced to the next phase

Share