Melhor iluminação/Câmeras de Vigilância

por
Marcelo Santos
Marcelo Santos | Feb 28, 2015 | em Mobilidade Urbana

Há alguns fatores que me fazem escolher andar a pé um determinado trajeto em vez de pegar um carro. Entre eles, há o fato de que não andaria por logradouros escuros/sem iluminação pública porque:

i) costumam ser locais onde a população de rua dorme - ninguém gosta de dormir com a luz na cara;

ii) costumam ser locais ideais para que pessoas urinem ou defequem - ninguém gosta de fazê-los sob holofotes;

iii) costumam ser locais ideais para cometer crimes.

Para fazer a população começar a andar a pé, é só a prefeitura dar a adequada iluminação aos logradouros publicos, redesenhando as fontes de luz para ficarem imunes ao vandalismo. Se colocarem câmeras de vigilância - com a devida publicidade do fato - ligadas ao centro de controle da cidade, melhor ainda.

(Mais uma vez) a prefeitura só tem que fazer o básico.

João Pedro Maya Mar 4, 2015

Podemos propor uma ideia de PPP como a que a cidade de SP está conduzindo: a troca das lampadas atuais por lampadas de LED (que tem vida útil bem maior). Mais iluminação significa menos vias escuras. Sobra dinheiro para aplicar iluminação pública em novas ruas e vias onde hoje não há nada.

Realmente estamos só ensinando o padre (RioLuz) a rezar a missa.

Marcelo Santos Mar 4, 2015

Desconhecia por completo essa história de PPP para iluminação pública e fui me informar. Só não ficou claro - sem trocadilho - como é que o ente privado lucra com isso. Mas se há alguém querendo contratar, ótimo. Boa ideia, gpto. Você vai formalizar isso aqui nesse desafio? Seria bom.

João Pedro Maya Mar 4, 2015

Botei alguns links falando sobre este projeto (eu acompanho e toco alguns projetos de logistica e energia):

http://www.valor.com.br/empresas/3730564/sao-...ocar-iluminacao

http://www.valor.com.br/empresas/3892100/ge-e...pps-pelo-brasil

A grosso modo, qualquer PPP é meramente uma contratação de empresas privadas pelo setor público. No caso dessa PPP, ela é igual a qualquer empresa de eficiencia energetica. Ela sugere uma redução de seu consumo de energia eletrica com base em um inventario e leitura da sua conta. Em seguida, ela propõe trocar todas suas lampadas incandescentes, eletronicas etc por LED. O investimento financeiro desta compra é desembolsado pela empresa e ela fica sua "sócia" por varios anos. Você deixa de gastar com manutenção e paga menos conta de luz. A empresa morde um pedaço desta economia. Esse é o modelo de negócio que prevalece em quase todas as empresas de EE que importam LED da China para cá para distribuir.

No caso da PPP, grandes empresas vão fornecer o material, mão de obra, etc e o Estado pagará. Será um simples investimento em equipamento.

Eu formalizo a proposta e vamos nos falando para a gente ir acertando o texto até ficar legal.

Usuários marcados:

View all replies (2)

Felipe Mendes Mar 4, 2015

PPPs são ideais para diversos topicos. Tenho citado isso em quase todos.

Share