Adequação do viário ao tráfego para evitar engarrafamentos

por
José Henrique Melman
José Henrique Melman | Feb 23, 2015 | em Mobilidade Urbana

Por toda a cidade há pistas cujos desenhos não favorecem a fluidez do tráfego ou geram problemas quando ocorrem engarrafamentos. São espaços demasiado largos, ou faixas pintadas largas e que terminam abruptamente. Às vezes até há linhas hachuradas nos trechos que não deveriam ser usadas, o que auxilia apenas quando o trânsito está fluindo dentro da normalidade.

Diante do primeiro sinal de retenção esses espaços esses espaços que “sobram” na pista acabam ocupados por motoristas em seus carros, ou por distração ou por má-fé, gerando um problema adicional para a fluidez do tráfego: a migração das pistas inexistentes para as existentes, criando retenções por causa da necessidade de juntar duas fileiras de carros engarrafados em uma só.

Coloquei três exemplos em anexo, não são os únicos, mas são representativos do problema.

Jaime Colorado Feb 24, 2015

O pior é quando isto é causado pela própria Prefeitura. a Transcarioca, uma obra nova da gestão atual, fez vários gargalos na zona da Leopoldina: Sinais duplos, obras inacabadas, faixas que somem do nada...

Faixa que some:

http://videerrado.blogspot.com.br/2014/06/transcarioca-2.html

Gargalo:

http://extra.globo.com/noticias/rio/obra-para...e-14329305.html

Falta de planejamento quanto a um sinal duplo na descida de um viaduto:

http://extra.globo.com/noticias/rio/brt-trans...s-14177986.html

Será que a ideia é cobrar correção da politica de gestão do território municipal?

José Henrique Melman Feb 24, 2015

O mais "fofo" são as faixas justamente nesse trecho que a pista some: inexistentes! A presepada podia ser minimizada com uma boa sinalização horizontal que ajudasse a orientar o tráfego, e ela acaba na rua antes do posto.

Em muitos outros pontos isso também ocorre, parece até que a prefeitura tá dizendo "ih, aqui dá confusão, não vou opinar não, se entendam aí vocês que estão dirigindo". Triste.

Felipe Mendes Mar 3, 2015

Boa ideia. Está mesmo uma zona.

Ágora Rio Apr 2, 2015

This idea has been advanced to the next phase

Share