Instalação de Zona 40 em toda a cidade

por
José Henrique Melman
José Henrique Melman | Feb 23, 2015 | em Mobilidade Urbana

Recentemente Nova York anunciou a redução dos limites de valocidade em toda a cidade para 25 milhas por hora, ou 40 km/h,  com o objetivo de reduzir as fatalidades no trânsito. Com  a redução da velocidade, espera-se que haja uma redução do número  e da gravidade dos acidentes, já que os carros precisariam de um menor espaço para frenagem e também o aumento de chances de sobrevivência em caso de atropelamentos.

A adoção de limites de velocidade baixos também desestimularia o uso de automóveis segundo a visão de que “dá pra correr e chegar rápido”, estimularia a migração de motoristas para o transporte coletivo, permitiria uma convivência mais salutar entre automóveis e bicicletas e pedestres nas pistas.

Para quem trafega em horário do rush, pouca alteração seria sentida, já que as velocidades não raro ficam abaixo de 40 km/h por longos trajetos. Vias expressas como Linha Amarela, Linha Vermelha e pista central da Avenida Brasil poderiam ter velocidades autorizadas maiores do que 40 km/h.

Jaime Colorado Feb 27, 2015

a proposta seria colocar 40km/h na Av. Presidente Vargas? na Av. Brasil?, na auto estrada lagoa barra?

pergunto porque acho que hoje apenas poucas vias já são mais que 40 por hora.

José Henrique Melman Feb 27, 2015

Muitas são de 50, 60 ou 70km/h. São velocidades incompatíveis com o compartilhamento da via com bicicletas ou relativamente altas no caso de zonas com grande concentração de pessoas.

Links com referências ao assunto:
http://vadebike.org/2014/10/nova-york-velocid...mph-visao-zero/
http://vadebike.org/2014/11/espaco-compartilh...egras-respeito/

Exemplos de vias que poderiam ter a velocidade reduzida para 40km/h:
Delfim Moreira/Vieira Souto/Atlântica: atualmente 70km/hLaterais da Avenida das Américas: atualmente 70km/h
Av. Rio Branco: atualmente 50km/h
Rua Jardim Botânico: atualmente 60km/h
Av. Borges de Medeiros/Epitácio Pessoa: atualmente 70km/h

Exemplos de vias em que a velocidade atual poderia ser mantida:
Linha Amarela: 100/80km/h
Linha Vermelha: 90km/h [casualmente, nunca entendi por que não 100km/h, mas ok]
Lagoa-Barra: 80/90/70km/h, exceto a parte a partir da Praça Sibélius

São só exemplos, talvez não todos estejam 100% corretos ou o enquadramento de mudanças também não.

Ricardo Costa Mar 7, 2015

Eu discordo, há estudos que indicam que reduzir os limites de velocidade pode na verdade ser prejudicial, aumentando o número de acidentes. Veja dois artigos sobre isso:

http://www.flatout.com.br/aumentar-os-limites...uzir-acidentes/

http://www.flatout.com.br/aumento-no-limite-d...m-utah-nos-eua/

José Henrique Melman Mar 23, 2015

Esses textos que você mencionou falam em grande parte sobre aumento de velocidade em rodovias. Em rodovias o aumento da velocidade não implica diretamente no aumento do número de acidentes, mas nos níveis de letalidade dos que ocorrem. Outro ponto em rodovias é que um limite extremamente baixo de velocidade em zonas pouco movimentadas poderia provocar desatenção e mesmo sonolência nos motoristas.

Velocidades extremamente baixas também poderiam causar isso nos centros urbanos, e talvez isso esteja por trás desses aumentos de acidentes que você indicou. Um carro continua sendo uma massa de metal de mais de uma tonelada e um carro a 40km/h ainda está se deslocando a cerca de 11 metros por segundo. Mas alegar que "não vai dar certo porque alguns motoristas deliberadamente não vão acatar" (como no artigo) é querer instituir a "lei da selva".

Raul F. Mar 26, 2015

concordo. Há diversos casos de sucesso em outras cidades. São Paulo já iniciou este processo em algumas vias importantes.

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/12...ara-40-kmh.html

Bruno Macedo Mar 26, 2015

Essa proposta é no centro de Nova Iorque e não em todo estado. Não dá para ser em todo município do Rio.

Quer resolver como em Nova Iorque? Tirando carro da rua, mas dando condições de transporte de massa como metro, trem, VLT. 

Rodrigo Sampaio Mar 27, 2015

O ideal é criar uma segregação dos tipos de vias. Vias residenciais e internas de bairros deveriam ser Zona 10 ou Zona 20, vias secundárias Zona 20, vias principais e arteriais Zona 40 e apenas vias expressas com limites maiores (aí depende somente do dimensionamento das vias). Gosto da ideia, mas não seria tão abrangente e seria ainda mais radical na implantação (como citei).

Ágora Rio Apr 1, 2015

This idea has been advanced to the next phase

Share