+ Socialização

- Problema(s):

Atualmente, as viagens de ônibus, confortáveis ou não, são monótonas uma vez que não existe interação entre os passageiros. Não há diálogos, brincadeiras, debates, etc (salvo as situações de pessoas conhecidas), ou seja, não há um clima agradável o suficiente para a socialização. Tal situação é ocasionada tanto por timidez quanto por individualidade.

- Solução(s):

1 - Através de cartões distribuídos para cada banco, seria indicado o "estado" da pessoa a qual está sentada. Este "estado" definiria caso ela está aberta a conversar ou não, assim todo sujeito teria total liberdade para dialogar com o outro sabendo seu "estado".

2 - Projetos sociais, por meio do "Stand-up", feito por comediantes profissionais ou amadores os quais utilizariam o ônibus como um palco para apresentações de comédia. Dessa maneira, tornando a viagem mais divertida e melhorando o cotidiano de muitos indivíduos.

3 - Transformar o ambiente em um local de debates inteligentes e compartilhamento de ideias, através da exposição de um tema o qual seria trabalhado pelos passageiros. Algo próximo à "Ágora de Atenas".

- Dados (pesquisa feita no CEJLL/NAVE, com 47 pessoas):

1 - 65% admitiram a importância da socialização entre os passageiros.

2 - 82% aproveitariam a oportunidade de conhecer e conversar com pessoas novas dentro do transporte público.

editado em abr 4, 2015 por Lucas de Matos Lannes

Jaime Colorado Apr 5, 2015

Sinceramente,  nos onibus lotados do Rio de Janeiro, que nao cabe mais ninguem em pé, sob o torrido sol de verão preso na Av. Brasil sem ar condicionado? 

acho que a perspectiva de ônibus urbano desta proposta é zona sul apenas

Daniel de Sant'anna Apr 9, 2015

BRT poderia ser um piloto para o projeto, já que atende mais aos padrões de conforto.

Jaime Colorado Apr 12, 2015

Isto! Transoeste em horário de pico!

Share