VLT Madureira – a consolidação de uma centralidade pelos trilhos de bonde

por
Quero Metrô
Quero Metrô | Apr 2, 2015 | em Mobilidade Urbana

Há algumas décadas, a cidade toda era conectada por bondes. Com o tempo, e o lobby, apostou-se que a solução para o futuro eram os carros e os ônibus. E a escolha foi cruel, erradicar os trilhos nas ruas era preciso. Hoje, convivemos todos os dias com filas e engarrafamentos intermináveis, num transporte desconfortável, barulhento e poluente.

Madureira possui a segunda maior arrecadação de impostos no comércio varejista do Rio, ficando atrás apenas do Centro. Seu perfil de entre posto comercial dos caminhos do passado consolidaram uma posição de referência comercial. Porém, o descaso do poder público leva o bairro a forte degradação. Investimentos para recuperar a região tem sido feito, como o Parque Madureira e o TransCarioca, mas é preciso mais. Uma nova centralidade pode, de fato, nascer e se consolidar, diminuindo as pressões por deslocamentos entre as bordas da metrópole, dando mais qualidade de vida as pessoas.

Com o sistema VLT, pretende-se conectar os centros de demanda da região com os pontos de maior capacidade de transporte (no caso, estações da SuperVia e estações expressas do BRT TransCarioca). Implantado em 8 fases, faria parte de uma grande operação urbana consorciada, nos moldes do Porto Maravilha, desenvolvendo todo potencial de Madureira como capital dos subúrbios cariocas.

Fase 1 (+):
701 – Madureira x Portela circular 1
702 – Portela x Madureira circular 2
703 – Cascadura x Madureira x Cascadura
704 – Madureira x Campinho (via Edgard Romero)

Fase 2 (+):
705 – Cascadura x Campinho circular 1 via Madureira
706 – Campinho x Cascadura circular 2 via Madureira
707 – Cascadura x Portela via Campinho
708 – Oswaldo Cruz x Cascadura circular 1
709 – Cascadura x Oswaldo Cruz circular 2

Fase 3 (+):
710 – Deodoro x Madureira circular 1
711 – Madureira x Deodoro circular 2
712 – Madureira x Marechal Hermes via Parque Madureira
713 – Marechal Hermes x Cascadura (via Mercadão de Madureira)

Fase 4 (+):
714 – Praça Seca x Madureira via João Vicente
715 – Praça Seca x Madureira via Parque

Fase 5 (+):
716 – Praça Seca x Cascadura via Quiririm e Otaviano
717 – Vila Valqueire x Campinho via Bento Ribeiro
718 – Deodoro x Praça Seca via Vila Valqueire

Fase 6 (+):
719 – Praça Seca x Rocha Miranda
720 – Rocha Miranda x Madureira via Oswaldo Cruz

Fase 7 (+):
721 – Madureira x Coelho Neto via Oswaldo Cruz
719 – Praça Seca  x Rocha Miranda passa a ser Praça Seca x Coelho Neto
722 – Coelho Neto x Madureira via Parque
723 – Deodoro x Coelho Neto

Fase 8 (+):
724 – Vila Valqueire x Colégio
725 – Colégio x Madureira via Parque
726 – Cascadura x Colégio
727 – Cascadura x Coelho Neto
728 – Deodoro x Praça Seca

Quando completo, com suas 28 linhas, o sistema de bondes separará o fluxo de passageiros de outras regiões para ou por Madureira do fluxo interno da região. Com a melhora da mobilidade entre os polos comerciais, Madureira se consolidará como o centro nervoso do comércio carioca, sendo centralidade para toda Baixada, Zona Oeste, Irajá e Pavuna.

Sim, queremos a volta dos bondes!

O "Quero Metrô" é um projeto participativo e essa proposta foi organizada por Rodrigo Sampaio. Texto revisado por Jana Rocha.

editado em abr 3, 2015 por Quero Metrô

José Henrique Melman Apr 2, 2015

Esse trecho passando por Guadalupe a Deodoro é o "retão de Honório"? Parece que a Supervia está reformando o trecho e vai oferecer um trem de conexão entre os ramais.

Rodrigo Sampaio Apr 3, 2015

Sim, mas pelas ruas em volta do retão. 

Tina Werneck Apr 3, 2015

Inclusive, por isso, devem desalojar moradores no entorno para poder passar o BRT - o que é péssimo. E ainda, deste modo, destruirão casas, vilas e a bonita chaminé de Deodoro. Acho triste a prefeitura não ter o mínimo cuidado com construções históricas. Parabéns por mais esta ideia, Quero Metrô.

Share