Desafio Ágora Rio

Categorias

Fotos ajudando a Guarda Municipal no trânsito

Postado por Ágora Rio (Admin) Nov 17, 2014 Postado em

Informações gerais:

Autor: Kersten 

Fase de discussão:

  • Avaliações positivas: 169
  • Avaliações negativas: 59

 

Fase de avaliação:

  • Avaliação de 1 estrela: 30
  • Avaliação de 2 estrela: 1
  • Avaliação de 3 estrela: 1
  • Avaliação de 4 estrela: 0
  • Avaliação de 5 estrela: 36
  • Média: 3,16

 

Descrição:

Utilização de fotos para auxílio da guarda municipal no cumprimento das leis de trânsito e aplicação de multas.

Comentários destacados:

De acordo com o autor da proposta, seria interessante implementar a possibilidade de a Guarda Municipal receber fotos tiradas de celular, por exemplo, que flagrem infratores de trânsito nas calçadas, avançado sinais, fazendo a conhecida "bandalha", parando em cima das fachas de pedestre nos sinais, fechando os cruzamentos, etc.

Todo tipo de infração de trânsito poderá ser fotografada por alguém (com data e placa do infrator) por um simples celular, e enviada para e-mails específicos, criados especialmente para esta finalidade, ou até mesmo para um perfil no Facebook, que seria diariamente avaliado. Essa medida irá contribuir para inibir os abusos, uma vez que todos saberiam da possibilidae de serem flagrados por qualquer pedestre comum, e que haverá uma foto da infração como prova, e sua consequente autuação. É uma medida de custo baixo, que pode render muitos recursos financeiros para o Município, que poderá aplicá-los em diversas finalidades.

Resposta da Secretaria:

Guarda Municipal: Na cidade do Rio, a Guarda Municipal é um dos órgãos responsáveis pela fiscalização do trânsito e os guardas municipais credenciados no Detran ou na Secretaria Municipal de Transportes só podem aplicar multas mediante flagrante de irregularidade feito pelo próprio agente, que deve preencher o auto de infração, jamais com base em relatos, fotos ou informações repassadas por terceiros. A medida é prevista no próprio Código de Trânsito Brasileiro, no artigo 280, e também é uma forma de assegurar a população contra, por exemplo, casos de denúncias falsas. O aplicativo para celular da Central de Atendimento 1746 da Prefeitura permite que o cidadão envie fotos de flagrantes de irregularidade de trânsito, porém, o agente só autua após ir ao local chegar se a irregularidade está efetivamente sendo cometida, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro. 

Essa publicação foi editada em dez 5, 2014 por Ágora Rio

Este post tem 3 assinantes

Comentários (16)

Paulo Morais diz... Nov 17, 2014

Esse é um item que teremos que buscar legisladores para mudar a lei.

Um bom início é a mudança da lei de flagrante.

http://www.votenaweb.com.br/projetos/plc-1852-2011

RodrigoRJ diz... Nov 17, 2014

Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

RodrigoRJ diz... Nov 17, 2014

Pessoal do Ágora, o que significa esse campo "Comentários destacados"? Vocês não fizeram um resumo dos comentários com os pontos positivos e com os pontos negativos? Não estou entendendo nada desse processo... Tá complicado!

Usuários marcados:
Ágora Rio diz... Nov 17, 2014

Oi Rodrigo! Pedimos desculpas pelos inconvenientes!

A ideia agora é compilar as informações mais relevantes sobre a ideia que surgiram ao longo das etapas do Ágora. Como só soubemos de fato quais seriam as ideias finais do Desafio nessa madrugada, ainda não conseguimos compilar todas as informações (estamos fazendo isso permamentemente nesta semana).

É por isso que nesta fase é imprescindível a participação dos usuários da plataforma que podem comentar aqui quaisquer informações relevantes que sintam que está faltando nessa compilação das ideias. 

Contamos com sua ajuda nessa fase! Obrigado!

Usuários marcados:
Luiz Eduardo Kersten diz... Nov 19, 2014

Oi amigos da organização. O nome do autor da proposta esta trocado. O correto é Kersten e não o Sr. Marcel Peres.

Obrigado.

Luiz Eduardo Kersten diz... Nov 18, 2014

Boa tarde.

Antes de mais nada desejo deixar claro que não sou eu o propositor ao Desafio da ideia "Cestos Ecologicos" como alguns pensam. E apesar de pessoalmente relutar muito, falarei sobre este assunto apenas esta vez por detestar polêmicas destrutivas.

A serem verdadeiras as afirmações aqui feitas sobre manipulação, conclui-se que a proposta dos "Cestos Ecológicos", que até bem tarde da noite liderava mais esta etapa do Desafio, terminaria esta fase também em primeiro lugar. Realmente recebemos mensagens informando a votação na proposta com uma estrela (rebaixando sua média), exatamente no minutos finais do encerramento da votação o que a fez cair para a terceira colocação.

No meu entender nada que retire sua brilhante posição da mais votada e mais comentada intrisecamente dentro do espírito do Desafio Agora.

Muito mais importante, é o histórico de doze anos de existência e de sucesso do projeto e da proposta de conservação e preservação ambiental que já falam por si.

Foi a ideia mais votada no concurso, esteve sempre como a mais comentada todo o tempo, e é a mais bem aceita em todo e qualquer critério do Desafio. Confirmada agora, até por ter sido usada como trampolim de votos.

Sua adoção se implementada, atuará como uma mudança no paradigma da limpeza pública, promovendo realmente uma grande evolução em matéria de política de preservação ambiental, com a conservação de uma das maiores Baias do Planeta que é a Baia de Guanabara. Consequentemente, toda a fauna e flora em todo o seu redor, ficará em plena condições de recuperação com a retirada diária de aproximadamente 4 toneladas de lixo sólido de seus afluentes e efluentes.

Apesar de muito discurso, e das propostas preservacionistas, no desenrolar do Desafio em si, só vi a Sra. Jamile (Autora da Ideia sobre Corais), comentar positivamente a proposta "Cestos Ecológicos" e a proposta "Crédito Verde", ambas que realmente receberam chuva de votos negativos e uma estrela para terem sua média diminuida e assim serem rebaixadas provocando a subida de outras.

Realmente apesar de entender a mecânica, prefiro a avaliação real e espontanea popular, do que forjar algo apenas para ganhar visibilidade.

Nada, nada mesmo desmerece ou diminui este grande projeto que é o Desafio Agora. Não cabe a ninguém aqui acusar o projeto, seus idealizadores e ou coordenadores, pelas mazelas de participantes vaidosos que não tem educação e não sabem exercer sua Cidadania em ambiente Democrático.

Estes não conseguem olhar no umbigo alheio, apenas enxergam o seu próprio. 

A despeito de tal fato manipulatório ser verdadeiro ou não, entendo que esta atitude fica realmente fica pequena perto da grandeza deste projeto "Desafio Agora", e de seu absoluto sucesso que já é um fato.

O resto é resto.

Finalizando este único comentário sobre este assunto, continuo a agradecer, e muito, a Equipe Organizadora e Coordenadora do Desafio Agora, e a todos os responsáveis pela sua criação, a todos os participantes, agradecer pela oportunidade democratica recebida de exercer minha Cidadania com liberdade, e parabenizo e agradeço mais uma vez ao Ilmo. Prefeito por sua coragem e por sua administração competente.

RodrigoRJ diz... Nov 18, 2014

Excelentes colocações Kersten!

Luiz Eduardo Kersten diz... Nov 19, 2014

Obrigado Rodrigo.

Aproveito para sugerir que após o término do Desafio, nos encontremos para elaborar uma minuta de sugestão da sua proposta e da minha sobre este tema das multas e encaminhemos juntos a Camara Federal. Quem sabe conseguimos uma reforma na lei que possa permitir que seu anseio e o meu sejam contemplados e entrem em vigor?

Será legal né !!

Um grande abraço.

RodrigoRJ diz... Nov 21, 2014

Prezado Kersten, a proposta que apresentei, "Big Brother do Trânsito", não precisaria de alteração em legislação de outras esferas federativas. Embora as intenções de nossas propostas sejam a mesma, um trânsito mais educado e seguro, eu não concordo que um cidadão possa "multar" outro. Denunciar é uma coisa, "multar" é outra. Além disso, mesmo se isso fosse possível, haveria tantas limitações de ordem técnica para comprovar todos os dados que a autuação de uma infração requer que, na prática, não funcionaria bem e haveria muitas contestações judiciais.

Não há como isso prosperar no meu entendimento, mesmo se tal proposta chegar a câmara federal. Além da própria dificuldade formal de se alterar uma Lei e a Constituição Federal, não concordo com o objeto da ideia e acredito que seria derrubada na primeira avaliação pela Comissão de Constituição e Justiça.

Continuo acreditando que o município, independente de alterações em legislações federais, ainda tem MUITO espaço para melhorar o trânsito, basta agir. É necessário somente vontade, criatividade e que se respeite o Art. 320 do CTB, "Art. 320. A receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito será aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.".

Além da proposta que tinha apresentado, sobre utilizar a estrutura do COR - Centro de Operações Rio (Prefeitura) e do CICC - Centro Integrado de Comando e Controle (por meio de parceria com o Governo do Estado), para fiscalizar em tempo real e aplicar penalidades por meio das imagens registradas pela câmeras, gostei também da proposta que apareceu em um comentário, no qual se sugeriu rondas da Guarda Municipal sobre motocicletas com o objetivo de flagrar infrações de trânsito. Além disso, por que não instalar câmeras nessas motocicletas e/ou capacetes de modo que ao retornar à base os agentes "descarregassem" as provas para um sistema e lavrassem as dezenas de autos de infração que certamente iriam ser flagradas? 

Uma outra proposta que apresentei se refere a área de educação no trânsito, mais especificamente ao respeiro à faixa de pedestre. Alguém tem visto alguma ação de educação no trânsito expressiva? Quando há, são singelas e isoladas. Para onde está indo o dinheiro arrecadado com as multas aplicadas?

Como disse, tem espaço para fazer muita coisa no âmbito da prefeitura, ainda. E eu entendo que um trânsito mais educado e mais seguro seria um dos maiores legados que as Olimpíadas de 2016 poderiam deixar para a nossa cidade.

Forte abraço!

José Henrique Melman diz... Nov 19, 2014

Essa ideia possivelmente prosperou pela vontade da população de "ajustiçamento" ao arrepio da Lei. Não votei nela em nenhuma das fases. Imagina, alguém tira uma foto do meu carro e diz que foi tirada hoje ou ontem ou sei-la-quando. Ou que tirem a foto do meu carro e não do amigo do fotógrafo ao lado do meu. O parecer está corretíssimo.
Agora, uma outra ideia que achei extremamente interessante é a de câmeras nos BRTs que flagrassem irregularidades cometidas pelos motoristas (andar na faixa do BRT, fechar o cruzamento, etc). Essa, sim, me pareceria viável, já que haveria a possibilidade de estabelecimento de convênio com a operação do BRT para instalação das câmeras, e estaria no espírito desta proposta, de aumentar a fiscalização de irregularidades.

Usuários marcados:
Ágora Rio diz... Nov 23, 2014

Segundo representantes da Secretaria Municipal de Transportes no evento de discussão realizado no Museu de Arte do Rio, "é uma ideia muito interessante, que pode melhorar a questão da civilidade no trânsito. Uma em cada 10 mil infrações é autuada, e esse é um dado problemático. É preciso haver mais fiscalização, porque as infrações são acontecem o tempo todo."

 

 

Durante o evento, no entanto, foram levantadas algumas limitações para implementação da ideia:  A primeira é que a legislação sobre isso é de competência federal, e o município não pode interferir nesse sentido. Propor que o Conselho Nacional de Trânsito regulamente o uso de imagens do COR pode ser uma alternativa. Outra limitação é a necessidade de se provar a autenticidade da foto e da informação sobre data e hora do "flagra".

Uma outra alternativa seria o desenvolvimento de um aplicativo que envia o flagra para os agentes de trânsito, que então podem chegar ao local e aplicar a multa.

RodrigoRJ diz... Dec 4, 2014

"Poucas pessoas estão trazendo propostas que a gente vai fazer". Foi isso que o Prefeito disse na transmissão? Pois é, infelizmente contribuímos tanto aqui, mas o documento produzido e entregue ao prefeito desconsiderou a maior parte dos comentários feitos, não expôs equilibradamente os prós e contras de cada proposta, além do processo de votação/curtida ter sido... bem..., sem comentários...

Essa proposta aqui, por exemplo, durou poucos segundos no hangout, foi imediatamente descartada pelo prefeito exatamente pelos motivos que venho expondo aqui desde o início. A alternativa a essa proposta era a do Big Brother no trânsito, que tinha o mesmo objetivo desta e inclusive já estava sendo avaliada pelos técnicos, conforme o próprio representante da prefeitura afirmou no MAR. Entretanto o representante do Ágora no debate com o prefeito apresentou como alternatica o envio de foto-denúncias pelo 1746. Como assim? Isso já existe! Buscando uma alternativa viável para essa proposta do colega Kersten eu pesquisei, achei essa função no 1746 e postei isso como comentário na ideia. Acho que não leram os comentários para fazer o documento mesmo...

Elogiei e divulguei a iniciativa Ágora Rio. Participei ativamente, dei várias contribuições nas propostas e diretamente para a equipe Ágora Rio, por isso, me sinto confortável em tecer críticas ao projeto e dizer que a execução do mesmo tem que melhorar muito!

Já respondi o questionário com a avaliação do ciclo e me coloco à disposição para colaborar com o que for possível.

Forte abraço!

Luiz Eduardo Kersten diz... Dec 5, 2014

Pois é amigo Rodrigo, trocaram até meu nome de autor da proposta pelo do Sr.Marcel Peres, e apesar de eu ter informado aqui mesmo no Blog sobre o equivoco, este erro foi parar no relatório final e no Hangout também.

Apesar de tudo amigo acredito que avançaremos nas discussões e melhorias e coloco aqui na qualidade de maior colaborador do Desafio com todos os pontos recebidos, meu total apoio a seu cometário, oqual vejo e entendo como mais uma forma sua de coloborar com o aprimoramento desta ferramenta.

Um grande abraço e vamos em frente para a próxima Ágora !!!

Usuários marcados:
RodrigoRJ diz... Dec 5, 2014

Com certeza meu querido! Ótimo 2015 pra nós e pra nossa cidade!

Luiz Eduardo Kersten diz... Dec 5, 2014

Prezado Senhor Luti, infelizmente como pode se observar, informei anteriormente aqui no blog, que o nome do autor da proposta Fotos Ajudando a Guarda Municipal no Trânsito estava incorreto, creditando ao Sr.Marcel Peres a proposição da mesma, mas o equivoco voltou a se repetir.

Equivocadamente, até no relatório final o nome saiu trocado, e permaneceu até o Hangout ocorrido agora a pouco, levando o nosso Prefeito a incorrer no mesmo equívoco. Tive meu nome trocado pelo do Senhor Marcel que continua aparecendo aqui como autor da proposta, o efetivamente que não é o correto.

Assim peço por favor que de alguma forma este equívoco seja corrigido em definitivo por favor, e o mesmo seja informado ao nosso Prefeito evitando maior constrangimento a todos.

Mais uma vez muito obrigado pela oportunidade e parabéns pelo desfecho brilhante desta primeira Ágora.

Que venha a próxima !

Fotos ajudando a Guarda Municipal no trânsito. Autor da ideia  "Kersten".

Usuários marcados:
Ágora Rio diz... Dec 5, 2014

Kersten, pedimos desculpas pelo erro! Já retificamos o nome aqui e estamos nesse momento atualizando o documento. Em breve iremos subir a nova versão do relatório final!

Obrigado pelo aviso e desculpe a demora na alteração!

EFETUE O LOGIN ou CADASTRE-SE AGORA para participar da discussão
Share